Homem afastado por dores na coluna ganha direito a aposentadoria
Chegar ao 90º aniversário é definitivamente uma razão para comemorar. Poucas pessoas podem se vangloriar de estar vivo por nove décadas. Uma pessoa que completa 90 anos tem muitas realizações e conquistas para se orgulhar como o ícone da imprensa poçoscaldense Décio Alves de Morais, que completou 90 anos no último sábado, dia 24, ao lado de familiares e amigos queridos. Durante sua caminhada, recebeu inúmeras homenagens, realizou várias exposições fotográficas, é fundador da ASI, Acadêmico, apaixonado pela Caldense e Poços de Caldas, da qual tem um acervo fotográfico e jornalístico imensurável. A esposa Araceles, filhos, netos e bisnetos se juntaram aos amigos para a comemoração, que contou com forte emoção na entrega do presente especialmente elaborado pelos filhos Richard e Rossmaly e pela neta Renata. A edição nº 1 do “Jornal do Décio”, ricamente ilustrado, traz os fatos mais relevantes de sua história, pois seria impossível relatar todos em apenas uma edição. Décio se emocionou e agradeceu, observando que estava prestes a chorar. Em meio ao bate papo descontraído, distribuiu o jornal aos presentes que imediatamente foram se identificando aqui e ali, nas fotos. Um delicioso almoço foi servido e as velinhas foram colocadas no bolo decorado com exclusividade contendo o símbolo da Caldense.
Ago 28
Meus queridos leitores, inicio este texto com uma questão: quem é seu ídolo? Como assim? É... aquela figura, como morfologicamente se conceitua o nome ídolo, ou simulacro, que utilizamos para materializar nosso ideal de “quando crescermos”; o que, basicamente, sentimos quando começamos a ter noção de vida, ou seja, o que geralmente vemos na figura de nossos pais. E então? Não sabem dizer? Que bom, ou melhor, rendam graças por não saber, pois o perfil do povo brasileiro que atualmente tem algum tipo de idolatria e deplorável.